Racismo, Racismo de Estado e Neoliberalismo: Michel Foucault e seus críticos

Eduardo Neves Lima Filho, Ernani Chaves

Resumen


Resumo: Mauricio Lazzarato é um dos autores que continua o trabalho de Foucault e ao mesmo tempo o critica.  Ele  destaca a importância do pensamento foucaultiano como chave de inteligibilidade das relações sociais e, ao mesmo tempo, aponta falhas na sua construção teórica por entender que este ignorou vários aspectos do capitalismo em suas obras, abandonando indevidamente questões centrais para a inteligibilidade das relações de poder, como a compreensão da política como a guerra continuada por outros meios, bem como por ter feito generalizações exageradas em suas reflexões. Ao contrário de Lazzarato, entretanto, entendemos que o racismo de Estado continua a ser um elemento central e indispensável para que a governamentalidade neoliberal exerça o poder de morte no seio do biopoder. Porém, os discursos e técnicas para o exercício desse racismo, portador de uma polivalência tática, foram alterados para se adequar às necessidades neoliberais. E é esse aspecto que parece escapar à crítica de Lazzarato.


Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


ALLIEZ, Éric; LAZZARATO, Maurizio. Wars and Capital. South Pasadena: Semiotext(e), 2016.

FOUCAULT, Michel. O Nascimento da Biopolítica. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

FOUCAULT, Michel. Ditos e Escritos IX. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2014.

FOUCAULT, Michel. A Sociedade Punitiva. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2015.

FOUCAULT, Michel. Em Defesa da Sociedade. 2 ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2018a.

FOUCAULT, Michel. Os Anormais. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2018b.

LAZZARATO, Maurizio. O Governo do Homem Endividado. São Paulo: n-1 edições, 2017.

LAZZARATO, Maurizio. Fascismo ou Revolução: O neoliberalismo em chave estratégica. São Paulo: n-1 edições, 2019.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.



Estadísticas
Visitas al Resumen:85
PDF (Português (Brasil)):117


El Banquete de los Dioses

Revista de Filosofía y Teoría Política Contemporáneas

ISSN: 2346-9935 

 

Indizaciones, directorios y redes