"PRÔ, QUANDO VAMOS BRINCAR?" O RECREIO NA ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL

Gabriel . da Costa Spolaor, Galdino . Rodrigues de Sousa, Rogério . de Melo Grillo, Elaine . Prodócimo

Resumen


O brincar é considerado atividade relevante para as crianças, na rotina escolar é especialmente propiciado no período do recreio. Levando em conta o aumento do tempo de permanência da criança na escola pela ampliação da jornada nas Escolas de Tempo Integral – ETIs, interessa-nos analisar como o brincar vem ocorrendo nos momentos de recreio nas ETIs. Realizamos um estudo qualitativo por meio de observações dos recreios de uma turma de 1º ano do ensino fundamental e entrevistas com as professoras sobre esse brincar. Os resultados apontaram que, na nova rotina colocada pela ETI estudada, o recreio se constitui de tempo composto com o almoço, e fica condicionado ao restante do tempo que não foi “consumido” com a alimentação. O recreio revela-se como espaço-tempo de múltiplas brincadeiras e jogos por parte das crianças. Muitas vezes as atividades são generificadas. As ações das professoras restringem-se, na maior parte do tempo, a questões pontuais de segurança e resolução de conflitos. Embora haja um reconhecimento das entrevistadas sobre a relevância do brincar, a questão dos conteúdos o sobrepuja, deixando-o preterido. Consideramos que o brincar é pouco explorado e o recreio não é considerado como um espaço de potencial pedagógico.

Texto completo:

PDF

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.



Estadísticas
Visitas al Resumen:86
PDF:73


Licencia Creative Commons
Los trabajos publicados en esta revista están bajo la licencia Creative Commons Atribución-NoComercial 2.5 Argentina.

Lúdicamente . ISSN 2250-723X (en línea). Pte. J. E. Uriburu 950, 6º - C1114AAD - Ciudad de Buenos Aires, Argentina
Tel.: Teléfono: +54 11 4508 3815