Os assassinatos de Bruno Pereira e Dom Philips e a defesa das terras indígenas no Brasil

Maria Ligia Coelho Prado

Resumen


No domingo, dia 5 de junho de 2022, o indigenista Bruno Pereira e o jornalista inglês Dom Philips desapareceram na região do Vale do Javari, no Amazonas. Eles estavam completando uma expedição de 17 dias pela Terra Indígena Vale do Javari. Este artigo nasce sob o forte impacto dos assassinatos de Bruno Pereira e de Dom Philips. As mortes do indigenista e do jornalista provocaram inúmeras manifestações de indignação e comoveram grande parte da sociedade brasileira. Pretendo refletir sobre os aspectos principais da tragédia, analisar criticamente as versões e visões oficiais sobre os crimes e mostrar as relações entre os assassinatos e a questão das terras indígenas no Brasil. 


Texto completo:

58-71

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.



Estadísticas
Visitas al Resumen:295
58-71:155


Copyright (c) 2022 e-l@tina. Revista electrónica de estudios latinoamericanos

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional.

e-l@tina. Revista electrónica de estudios latinoamericanos - ISSN 1666-9606 - contacto: revista.elatina@gmail.com
o en facebook

Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial 4.0 Internacional