Neoliberalismo Discricionário e Discurso do Bloco Dominante no Brasil (2015-2018)

Lisandro Braga

Resumen


Nesse artigo tentaremos demonstrar através de uma análise marxista da crise de acumulação brasileira e do discurso, que o discurso do bloco dominante sobre essa crise e suas supostas soluções é um discurso ideológico, cujo propósito fundamental é ocultar a realidade, isto é a crise de acumulação, genericamente apresentada como crise econômica, e a busca por uma maior exploração do trabalho e maior apropriação da renda estatal pela burguesia e determinadas frações das classes auxiliares. Os resultados obtidos com esse trabalho equivalem a conclusões iniciais de análises dos discursos jornalísticos sobre a crise de acumulação brasileira, entre os anos de 2015 a 2018, de uma pesquisa ainda em andamento.


Texto completo:

22-43

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.



Estadísticas
Visitas al Resumen:346
22-43:192


Copyright (c) 2020 e-l@tina. Revista electrónica de estudios latinoamericanos

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional.

e-l@tina. Revista electrónica de estudios latinoamericanos - ISSN 1666-9606 - contacto: revista.elatina@gmail.com
o en facebook

Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial 4.0 Internacional