Reinterpretando o Brasil: crítica ao paradigma “uspiano”

Marcos Vinícius Pansardi

Resumen


O centro desta análise é a construção do atual paradigma sobre a criação do Brasil moderno, fruto de uma interpretação sobre a história do Brasil produzida por um grupo de intelectuais da Universidade de São Paulo (a chamada “interpretação uspiana”, construída em oposição ao paradigma anterior, chamado de “nacional-desenvolvimentista”). A questão central levantada por este trabalho é a de que, pese a real importância e renovação dos estudos sobre o Brasil que o paradigma “uspiano” promoveu, esses estudos carregam consigo a exclusão “teórica” dos setores populares de nossa história.

Texto completo:

62-75

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.



Estadísticas
Visitas al Resumen:191
62-75:44


Copyright (c) 2019 e-l@tina. Revista electrónica de estudios latinoamericanos

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional.

e-l@tina. Revista electrónica de estudios latinoamericanos - ISSN 1666-9606 - contacto: revista.elatina@gmail.com
o en facebook

Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial 4.0 Internacional